close

Merendeiras aprovadas em concurso público já estão atuando nas escolas

Redação Pop Mundi 24/06/2022 07:09
A Secretaria de Educação confirmou que as 34 novas serventes de merendeira, recentemente, contratadas após aprovação no último concurso público realizado neste ano já estão atuando nas escolas municipais.
 
Nesta semana, as novas servidoras passaram por um treinamento teórico e prático no Setor de Alimentação Escolar, acompanhado pelo prefeito Alexandre Ferreira e a secretária de Educação, Márcia Gatti, onde receberam orientações sobre a manipulação correta de alimentos e o preparo dos cardápios da merenda escolar.
 
Segundo a Secretaria de Educação, são servidas, em média, 75 mil refeições por dia para um total de 200 escolas das redes municipal, estadual e creches parceiras. 
 
Outra novidade destacada pela secretaria é a inclusão de um cardápio especial na merenda neste mês de junho (considerado o mês das festas juninas) e início do inverno, com pratos quentes para que os alunos se alimentem bem durante a estação de temperaturas mais amenas.
 
Durante as refeições, além dos alimentos que já compõem a merenda, como achocolatados, pães, bolachas, frutas, galinhada, arroz, saladas e macarronada, estão sendo servidos sopa de legumes com carne moída e caldo de feijão, polenta de fubá com carne moída, canja de frango com legumes, arroz com purê de batata e carne moída, sem contar os pratos típicos da época, como arroz doce e pipoca. Além das frutas banana e maçã, também foi incluída a mexerica no cardápio.
 
Cleunice Bernardes, chefe do Setor de Nutrição da Seção de Merenda Escolar, destacou que os alimentos servidos nas escolas compõem cardápios balanceados e que garantem as necessidades nutricionais recomendadas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) do Ministério da Educação para os estudantes matriculados nas escolas de períodos parcial ou integral na cidade.
 
A nutricionista ressaltou que desde o ano passado, a merenda escolar recebeu novos alimentos, sem contar a implantação de cardápios com dietas especiais para o atendimento aos alunos que possuem restrições alimentares, como diabetes, intolerância à lactose e ao glúten. 
 
Já para as creches parceiras, os cardápios são elaborados por faixa etária atendendo as crianças com idade a partir dos 4 meses. Outro destaque importante é a oferta de fórmulas infantis para as crianças, com idade até 2 anos, que se aproximam ao leite materno para os alunos, que apresentam intolerância ou alergia a proteína do leite de vaca e a lactose.
 
Márcia Gatti, secretária de Educação, enfatizou que a definição dos  cardápios nas unidades escolares é importante para que os alunos e responsáveis conheçam os alimentos que estão sendo servidos, diariamente. A inclusão de novos alimentos é importante para proporcionar uma refeição balanceada, segura e nutricionalmente adequada para os estudantes, além de incentivar o consumo de alimentos saudáveis pelas famílias.
 
 
Foto: Reprodução

Podcasts
09/08/2022
Mensagem do Dia
09/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
08/08/2022
Mensagem do Dia
08/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
06/08/2022
Mensagem do Dia