close

Nutricionista dá dicas para não exagerar nas ceias de final de ano

Salomão Rodrigues 26/12/2023 15:52

Com um cardápio farto e uma mesa bem posta, resistir às tentações das ceias de Natal e Ano Novo torna-se um desafio para muitas pessoas. As inúmeras opções de proteínas, carboidratos e gorduras acabam estimulando exageros gastronômicos nesta época do ano.

Por essa razão, a nutricionista da Hapvida NotreDame Intermédica, Ruth Pereira, compartilha dicas sobre o que fazer para comparecer às celebrações e manter o foco em uma alimentação equilibrada, sem extremismos ou terrorismos alimentares. "Embora não pareça, é totalmente possível não exagerar nesses momentos. Para isso, é importante que a pessoa busque um planejamento alimentar para essas ocasiões", diz.

Segundo a profissional, o indicado é fazer escolhas saudáveis, optando por pratos mais naturais e artesanais, além de carnes magras, assados e grelhados. No caso das saladas, o cuidado deve ser redobrado com os molhos.

"Evite ou fuja daqueles alimentos mais gordurosos, com preparações à milanesa ou frituras. Eles podem inflamar o corpo e trazer danos para a saúde, desenvolvendo doenças, principalmente as crônicas não transmissíveis", alerta.

A especialista também sugere alimentar-se de forma ajustada, com atenção às quantidades, mesmo tendo à disposição uma ampla variedade de alimentos.

Pré-ceia

Para Ruth Pereira, os principais erros nutricionais começam antes mesmo das confraternizações. "É comum as pessoas passarem o dia em jejum para aproveitar as comidas da ceia durante a noite. Não precisa fazer dessa forma. O ideal é se alimentar de maneira habitual durante o dia. Assim, no momento do evento, estará comendo apenas o necessário", aconselha.

A nutricionista lembra, ainda, que, apesar das delícias e variedades postas à mesa, os encontros de dezembro vão além da comida. Assim, o foco deve ser distribuído com sabedoria. "São ocasiões para socializar, ver pessoas importantes, ter boas conversas e dar boas risadas", assegura.

Em caso de dificuldade para conseguir um equilíbrio e viver o mês de dezembro sem excessos alimentares, Ruth sugere a consulta com um nutricionista. O profissional fará uma orientação individualizada e traçará uma estratégia alimentar conforme as preferências e as possibilidades do paciente.

 

Foto: Divulgação


Podcasts
28/06/2023
Mensagem do Dia
28/06/2023
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
28/06/2023
Participação da ouvinte Regina no programa do Pe. Marcelo Rossi
26/06/2023
Mensagem do Dia
26/06/2023
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje