Homem esfrega órgão genital em colega de trabalho e caso vai parar na delegacia

Autor: Cássio Freires

Fonte:

10/07/2024

Uma padeira, de 27 anos, procurou a Polícia Civil para denunciar o colega de trabalho. A vítima, que trabalha num varejão na região do bairro Estação, disse durante depoimento que foi difamada e importunada sexualmente.

Ainda de acordo com a padeira, ela vem recebendo cantadas inconvenientes de cunho sexual. O denunciando chamou ela para ir para a cama e pediu para a vítima ir com calças apertadas para o trabalho.

A vítima relatou que não gostou do tratamento do denunciado, exigiu respeito dele, mas ele não parou de importuná-la e inclusive disse para amigos que manteve relação sexual com ela. O homem chegou a esfregar as partes intimas nas nádegas da vítima que ficou constrangida e deixou o local no dia dos fatos. Ele ainda tentou tocar nos seios dela por duas vezes.

Na CPJ (Central de Polícia Judiciária) um boletim de ocorrência de difamação e importunação sexual foi registrado. O denunciado identificado com o primeiro nome Pedro deve ser chamado na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) para prestar depoimento nas próximas horas.