close

APAE projeta Jardim Sensorial para oferecer terapias ao ar livre

Redação Pop Mundi 05/08/2022 08:44

A APAE Franca lançou a campanha “Realize um sonho” para angariar recursos e construir um Jardim Sensorial em sua sede, no Jardim Petráglia. O espaço, inédito na cidade e região, será um local de terapias ao ar livre.

A proposta é construir um espaço aconchegante e estimulante, de forma a proporcionar uma série de benefícios aos frequentadores, como desenvolver os sentidos das pessoas com deficiência que possuem limitações sensoriais, conectá-las à natureza e estimular os sistemas sensorial e emocional, favorecendo o processo de aprendizagem.

Atualmente, a Apae atende mais de 1.200 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos, que serão beneficiados com o novo espaço. O projeto do Jardim Sensorial é assinado pela arquiteta Gabriela Assunção Cintra, que o fez de forma voluntária. Suas inspirações foram dois jardins sensoriais que conhecia: o Jardim Botânico do Rio de Janeiro e o do Parque do Povo, em São Paulo.

Gabriela explica que o projeto foi pensado de forma a criar um percurso no qual os diferentes sentidos fossem estimulados: tato, visão, audição e olfato. Para o tato, ela trabalhou com diferentes texturas, tanto nas espécies de plantas propostas, quanto no “tapete sensorial”, um percurso no chão que deve ser realizado descalço e conta com elementos que trazem sensações diversas ao serem tocados, como: grama, areia, cascalho, cimento e madeira. A visão é estimulada, principalmente, através das cores presentes no paisagismo que compõe o jardim.

Para estimular o olfato, o local terá plantas com cheiros mais acentuados, como lavanda, alecrim, manjericão e hortelã. A água em movimento, por meio de fontes, é o elemento para estimular especialmente a audição.

O Jardim Sensorial ocupará uma área de aproximadamente 300 metros quadrados e, como destaca a arquiteta, foi pensado de forma a ser acessível e prazeroso para todas as pessoas com deficiência.

“Assim, além do tapete sensorial, que deve ser percorrido a pé, propus uma adaptação do mesmo: a ‘mesa sensorial’, para que as pessoas com deficiência que utilizam cadeira de rodas possam também experienciar o contato com as diferentes texturas. A mesa funciona exatamente igual ao tapete, contando com elementos como areia e cascalho, mas ao invés de serem explorados com os pés, estão mais altos, na altura de uma mesa, e podem ser sentidos com as mãos, explica Gabriela.

O objetivo é inaugurar o Jardim Sensorial em novembro de 2022. “A inspiração para construirmos o Jardim Sensorial surgiu quando li uma matéria no Jornal da Feapaes, da qual eu sou vice-presidente, e uma das APAEs tinha esse espaço. Já temos o local onde vai ser feito, o projeto está pronto e é maravilhoso. Um dos meus desejos é construí-lo antes de encerrar o meu mandato no final deste ano”, afirmou Agenor Gado, presidente da APAE Franca.

O projeto prevê investimento de R$ 100 mil e, para conseguir os recursos, a APAE lançou a campanha “Realize um sonho”, com opções de cotas para que as pessoas possam fazer doações. A adesão pode ser feita com qualquer valor, através de pagamento via PIX - colabore@apaefranca.org.br. Mais informações podem ser obtidas pelo WhatsApp (16) 99996-3214.

Foto: Divulgação/Apae


Podcasts
09/08/2022
Mensagem do Dia
09/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
08/08/2022
Mensagem do Dia
08/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
06/08/2022
Mensagem do Dia