close

No Piauí, Lula pede votos antes do início oficial da campanha

Redação Pop Mundi 04/08/2022 11:25

O pré-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu voto em evento de pré-campanha em Teresina (PI). A prática não é permitida pela legislação eleitoral antes do início oficial da campanha, no dia 16 de agosto. Lula, que concorrerá à Presidência da República, discursava ao lado do ex-governador e candidato a senador Wellington Dias (PT) e do candidato a governador Rafael Fonteles (PT).

Wellington Dias governou o Piauí de 2003 a 2010 e de 2015 a 2022.

“Eu queria pedir para vocês… Cada mulher ou cada homem do Piauí que tem disposição de votar em mim, que tem disposição de votar no Wellington, eu queria pedir para vocês que no dia 2 de outubro vote em mim, vote no Wellington, mas primeiro vote no Rafael porque ele vai cuidar do povo do Piauí”, discursou Lula e se corrigiu logo em seguida. “Quero dizer para vocês que a minha vinda aqui hoje não é apenas para pedir voto para mim, porque eu não posso pedir voto ainda”, declarou ele.

Não o bastante, o ex-presidente ainda prometeu que, caso eleito, vai aumentar o salário mínimo todos os anos. “Eles têm que saber que nós vamos garantir a refeição, o emprego, o aumento de salário mínimo, que vai ter que aumentar todo ano”, declarou. Lula ainda criticou o atual presidente da República por aprovar novos programas de transferência de rendas próximo ao período eleitoral. “Ele vai dar dinheiro para taxista, para caminhoneiro, porque ele acha que o povo é gado, que o povo vai atrás do seu dono quando dá sal. E nós temos que dizer para o Bolsonaro: ‘Coloque o dinheiro na nossa conta, que nós vamos pegar esse dinheiro e comprar o que comer, o que vestir, comprar o que nós precisamos. Mas se ele pensa que esse dinheiro vai comprar voto, no dia 2 de outubro a gente tem que dar uma banana para o Bolsonaro, para que ele saiba que ele vai cair fora da governança”, declarou.

O artigo 36 da lei das eleições estipula que só é permitida propaganda eleitoral a partir do dia 16 de agosto. “Pedido explícito de voto”, de acordo com o texto, é irregular.

EM FRANCA

Um pré-candidato a deputado Estadual por Franca, que teve seu nome confirmado pelo partido em convenção realizada no último final de semana, foi fotografado e citado em vídeos durante a inauguração do laboratório escola do Uni-Facef, nesta semana,  o que poderá lhe causar a impugnação de sua candidatura. 

O artigo 75 do Código Eleitoral Brasil, de 1997, garante que "nos três meses que antecederem as eleições, na realização de inaugurações é vedada a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos. Parágrafo único. Nos casos de descumprimento do disposto neste artigo, sem prejuízo da suspensão imediata da conduta, o candidato beneficiado, agente público ou não, ficará sujeito à cassação do registro ou do diploma". 

A reportagem do Pop Mundi entrou em contato com o pré-candidato, mas até o fechamento desta publicação, não obteve retorno. 

 

Foto: Reprodução/Twitter/@RafaelFontele

 


Podcasts
11/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
11/08/2022
Mensagem do Dia
10/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
10/08/2022
Mensagem do Dia
09/08/2022
Mensagem do Dia