close

Assassino de Geni confessa agressão e vai responder em liberdade

Redação Pop Mundi 24/06/2022 07:42

Na tarde desta quinta-feira (23), a Polícia Civil de Franca, através da Delegacia de Investigações Gerais - DIG, identificou o autor do homicídio ocorrido no dia 24 de abril deste ano, no Jardim São Luiz II, que matou a dona de casa Geni Miranda. 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a mulher foi encontrada  deitada no sofá, sem vida, e não havia indícios de morte decorrente de causas naturais. Na ocasião, o companheiro da vítima chegou a acionar o Samu. A polícia também foi acionada já que a vítima apresentava sinais de ferimentos.

Segundo informações, o homem alegou que Geni teria caído. Mas, a partir de investigações foi constatado que a mulher havia sofrido  agressão física.

O autor do homicídio, um pedreiro, 45 anos, que morava com a vítima, confessou que na ocasião eles tiveram uma briga e desferiu um soco em sua companheira, mas que não se recorda do que aconteceu na sequência já que os dois haviam bebido alcóolica.

O homem se apresentou na DIG, confessou o crime e foi liberado. Ele responderá pelo crime em liberdade.

Ouça as informações na íntegra:

 

 

Foto: Reprodução


Podcasts
09/08/2022
Mensagem do Dia
09/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
08/08/2022
Mensagem do Dia
08/08/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
06/08/2022
Mensagem do Dia