close

Assassino do Jardim Luiza I confessa crime, é ouvido e liberado

Redação Pop Mundi 12/05/2022 11:41

Anderson Raimundo, 41, conhecido como “Branco”, assassino que matou Alexandre Lafaiete no último domingo (9), se apresentou na DIG na manhã desta quinta-feira (12). Ele foi ouvido e liberado. Anderson já tinha passagem pela polícia, de tentativa de homicídio do próprio irmão.

Marcos Silva, Repórter da Rádio Imperador e Pop Mundi, conversou com exclusividade com a esposa de Alexandre que espera por justiça. Segunda ela “não é justo ele sair daqui e ir pra rua e meu marido enterrado”.

Confira a entrevista completa:

 

RELEMBRE O CASO

No último domingo (8), Alexandre Lafaiete, 43 anos, foi assassinado a tiros em um bar no Jardim Luiza I. O motivo da briga teria sido por causa de um jogo de sinuca.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, Alexandre estava junto de sua mulher e do enteado no bar quando três indivíduos entraram no local, dois eram adolescentes. Eles queriam jogar sinuca, mas por serem menores de idade, Alexandre explicou que eles não poderiam jogar devido a idade. Em seguida, Anderson Raimundo, que estava com os adolescentes, começou a discutir com a vítima.

Depois da discussão, os três saíram do local e minutos depois “Branco” voltou armado. Ao sair do bar, ainda brigando, ele efetuou disparos contra Alexandre.  

 

Foto: Reprodução


Podcasts
27/05/2022
Mensagem do Dia
26/05/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
26/05/2022
Mensagem do Dia
25/05/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
25/05/2022
Mensagem do Dia