close

Saiba o que faz um Engenheiro de Produção e como escolher o curso

Jacqueline Galgani 11/05/2022 14:04

Com o retorno das atividades presenciais em todos os setores da sociedade, incluindo o setor educacional em todos os seus níveis, desde a educação básica até a educação de nível superior e a pesquisa, os vestibulares são um assunto extremamente em alta.

No Brasil, parte dos cursos mais concorridos de todo o país são oriundos das engenharias, como a engenharia mecânica, a engenharia aeronáutica e, sobretudo, a engenharia de produção, que é assunto da reportagem de hoje.

Levando em consideração que a engenharia de produção é um dos cursos mais populares, renomados e concorridos de todo o país, é extremamente válido entender um pouco mais sobre o que se estuda neste curso.

Desta maneira, é possível entender como desenvolver um projeto de pesquisa na área, como é o trabalho de conclusão de curso na área de engenharia de produção e possíveis exemplos para a atuação destes profissionais.

Para compreender exatamente qual é a atuação destes profissionais, nada mais eficaz do que conferir possíveis temas para TCC de engenharia de produção em 2022. Portanto, na reportagem de hoje iremos destrinchar esta modalidade de ensino superior.

 

Qual é a estrutura do curso de engenharia de produção?

Antes de entender quais são os temas para TCC em engenharia de produção, ou como desenvolver um pré-projeto de TCC nesta área, é importante entender um pouco mais sobre a estrutura do curso.

Isto é, quais disciplinas são estudadas e abordadas ao longo do curso, quantos anos de duração esta modalidade de ensino superior possui e quais são exatamente as atuações e aplicações do profissional formado em engenharia de produção.

De acordo com a plataforma especializada em vestibular, educação e ensino superior, a Guia da Carreira, o curso de engenharia de produção é um dos mais procurados em todo o país, independente da instituição de ensino.

Ainda de acordo com a plataforma, o curso de engenharia de produção possui em média cinco anos e é intimamente relacionado com as ciências exatas, principalmente a física e a matemática.

Portanto, se suas ideias de estudo estão um pouco distantes da área das ciências exatas, é possível que você não esteja pronto para fazer um curso tão pesado quanto o de engenharia de produção.

Por exemplo, para se ter algumas ideias sobre a carga de estudos que o curso de engenharia de produção requer, algumas das matérias vistas ao longo dos cinco anos de curso são:

  • Custos de Produção
  • Estatística
  • Matemática Básica
  • Produção na Segurança do Trabalho
  • Geometria Analítica
  • Eletrônica e Instrumentação
  • Contabilidade
  • Cursos Industriais
  • Economia da Produção
  • Física Básica
  • Física Mecânica
  • Resistência de Fluidos
  • Matemática Básica
  • Mecânica Geral
  • Métodos Numéricos

Sendo assim, antes de se empolgar e pensar em fazer uma monografia de qualidade nesta área ou até um TCC na área de engenharia de produção, é necessário compreender exatamente o que é estudado e qual a carga disciplinar do curso.

 

Quais as atuações e atribuições do engenheiro de produção?

Além da carga disciplinar, para se decidir sobre a escolha de um curso superior, é necessário conhecer exatamente quais são as possíveis atuações para um profissional formado nesta área.

Ainda segundo a plataforma especializada, Guia da Carreira, a principal atuação do engenheiro de produção é garantir a eficácia de processos produtivos.

Em outras palavras, o engenheiro de produção deve se assegurar e prezar pela qualidade no desenvolvimento de ambientes, processos e outros passos na cadeia produtiva de uma empresa, por exemplo.

Basicamente, qualquer empresa, grupo, conglomerado ou outro órgão que possua uma linha de produção envolvida em suas atividades, deve contar obrigatoriamente com um engenheiro de produção responsável por comandar esta cadeia produtiva.

Logo, a carga de responsabilidade que envolve a atuação deste profissional é imensa, sendo que ele é responsável por toda cadeia produtiva da linha de produção de uma empresa.

 

Tendências e projetos de pesquisa na engenharia de produção

 

Por fim, para compreender um pouco mais sobre as competências e atuações do engenheiro de produção, como dissemos logo no início da reportagem, é necessário que analisemos a produção científica dessa área.

Além disso, com a chegada e ida da pandemia de coronavírus, diversas tendências para esta área foram estabelecidas, podendo representar possíveis áreas de atuação e novos nichos para o profissional:

  1. IoT - Internet das Coisas
  2. Inteligência Artificial
  3. Análise de Dados
  4. Big Data
  5. Impressoras 3D

Através destas tendências também é possível ver que a área de engenharia da produção está intimamente relacionada com a tecnologia e o avanço tecnológico no país. Portanto, também é extremamente recomendável que o engenheiro de produção tenha afinidade com inovações tecnológicas, projetos e novidades para o setor.


Podcasts
27/05/2022
Mensagem do Dia
26/05/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
26/05/2022
Mensagem do Dia
25/05/2022
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
25/05/2022
Mensagem do Dia