close

Prefeitura abre processo para apurar morte de idosa na Santa Casa

Redação Pop Mundi 02/12/2021 14:06

A Prefeitura de Franca (SP) instaurou um processo administrativo para apurar a morte de uma idosa de 62 anos que tinha sido atendida no Pronto-Socorro Álvaro Azzuz antes de ser internada na Santa Casa da cidade.

A família de Odete de Carvalho Lopes Mathias alega que houve negligência e demora no atendimento à mulher, que tinha descoberto recentemente um pólipo.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil como morte suspeita. O caso deve ser investigado pelo 1º Distrito Policial.

Em nota enviada nesta quarta-feira (1°), a Secretaria de Saúde informou que a idosa deu entrada no pronto-socorro Dr. Álvaro Azzuz na segunda-feira (29), às 15h38, e recebeu o primeiro atendimento sete minutos depois.

Ainda segundo a Secretaria, na unidade, Odete passou por exames complementares, antes de ser encaminhada à Santa Casa.

Apesar de não citar supostas irregularidades no atendimento, a pasta confirmou que instaurou um processo administrativo na corregedoria municipal e no conselho de ética "para apuração detalhada do caso".

Já a Santa Casa, também em nota, disse que a idosa deu entrada no hospital às 5h59 de terça-feira (30) e evoluiu a óbito às 8h25 do mesmo dia. Informou, ainda, que o prontuário médico da paciente foi encaminhando ao Serviço de Verificação de Óbito (SVO) para análise.

O corpo de Odete de Carvalho Lopes Mathias foi enterrado na tarde de quarta-feira (1º), no cemitério Jardim das Oliveiras, em Franca.

Foto: Reprodução


Podcasts
20/01/2022
Padre Marcelo: confira o programa de hoje
20/01/2022
Mensagem do Dia
19/01/2022
Mensagem do Dia
19/01/2022
Padre Marcelo: confira o programa de hoje
18/01/2022
Mensagem do Dia