close

Golpe de entregadores de apps de comida aumenta 271%

Redação Pop Mundi 15/11/2021 10:14

Desde o início da pandemia, em 2020, criminosos aumentaram a frequência de aplicação de golpes na população.

Entre os crimes, estão os que utilizam engenharia social, que consiste na manipulação psicológica do usuário para que ele forneça aos golpistas informações confidenciais, como senhas e números de cartões, por exemplo. 

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), houve um aumento de 165% nos golpes de engenharia social no primeiro semestre de 2021, em comparação com o semestre anterior.

Segundo o diretor-adjunto de Serviços da FEBRABAN, Walter Faria, no caso do golpe do falso motoboy, por exemplo, o aumento da incidência foi de 271%. Já o volume de ocorrências do golpe da falsa central telefônica e do falso funcionário teve crescimento de 62%. Para evitar esses e outros golpes, ele dá algumas dicas.

“Desconfie de pessoas pedindo dinheiro ou seus dados por aplicativos de mensagens. Geralmente, os golpistas apelam para alguma urgência falsa e pedem depósitos e transferências via pix para contas de terceiros. Fique sempre atento na hora das compras. Confira se é mesmo seu nome impresso no cartão devolvido e, se possível, passe você mesmo o cartão na maquininha. Nos caixas eletrônicos, procure funcionários do banco devidamente uniformizados. Ressaltamos que o banco nunca liga pedindo senhas ou número do cartão”, orienta. 

Outra dica importante é cobrir os três números do código de segurança - com adesivo, por exemplo. Normalmente os números ficam na parte de trás do cartão de crédito ou de débito.

Fonte: Brasil 61

Foto: Reprodução


Podcasts
06/10/2021
Mensagem Do Dia
06/10/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
04/10/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
01/10/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
01/10/2021
Mensagem Do Dia