close

Jovem de 24 anos é morto por policial militar em Franca

Redação Pop Mundi 21/10/2021 14:45

A morte de um jovem de 24 anos alvejado por disparos de arma de fogo por um policial militar, está sendo investigada.

Segundo a mãe da vítima, Silvana Pereira, o filho Jean estava em um surto psicótico e para ajudar ela acionou a equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Quando chegaram no local, a equipe tentou levar Jean porém ele reagiu agredindo os enfermeiros e quebrou a ambulância usando um pedaço de madeira. 

Segundo Silvana, os socorristas deixaram o homem no local e ele saiu correndo pelas ruas do bairro atravessando a rodovia Cândido Portinari, indo em direção ao Jd. Cambuí.

Assim que Jean retornou, a mãe e outro familiar tentou acalma-lo e acionaram novamente o SAMU, mas foram informados que seria necessário a presença da Policia Militar para dar apoio e segurança a equipe.

Em entrevista a Rádio Imperador e Portal Pop Mundi, Silvana disse que a intenção era socorrer o filho e tentar uma nova internação, já que ele havia recebido alta médica há cerca de 7 dias.

Quando os policiais militares e o SAMU chegaram, o jovem estava na rua e após uma conversa, ele se negou a entrar na ambulância.

AS VERSÕES DO CASO

Segundo a MÃE DA VÍTIMA, após a conversa o homem foi em direção aos policiais que instataneamente usaram arma de choque e com a ajuda dos familiares algemaram o jovem.

No depoimento da testemunha, foi registrado que Jean conseguiu se levantar e empurrou um policial e nesse momento Silvana foi conversar com o filho mas o policial sacou a arma novamente e disparou duas vezes contra o peito da vítima. A mãe bateu a mão na arma e foi efetuado outro disparo na região da perna.

A mãe do rapaz afirmou que foi advertida pelo policial e que usaram spray de pimenta para dispersar ela e outros familiares do local. 

OUÇA A ENTREVISTA COM SILVANA, MÃE DE JEAN:

Segundo o BOLETIM DE OCORRÊNCIA, a versão apresentada pela mãe não condiz com o que foi dito pelo policial militar que efetuou os disparos.

O B.O registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária), afirmou que Jean estava descontrolado e após uma tentativa de levar para ambulância o jovem reagiu e atacou os policiais militares que fizeram o uso da arma de choque.

Enquanto tentavam imobilizar Jean, um familiar se aproximou para tentar evitar que ele fosse algemado e neste momento o jovem reagiu agredindo um dos policiais que foi derrubado no chão, recebeu chutes e a cabeça foi pressionada contra o chão e nesse momento Jean tenta pegar a arma. E por isso, o policial saca e efetua os disparos.

FIM DO CASO

Jean foi socorrido pelo SAMU e levado para Santa Casa mas não resistiu aos tiros e morreu. O policial militar também foi socorrido com ferimento na cabeça, escoriações e fratura em um dos braços.

Nossa equipe de jornalismo tentou contato com a Polícia Militar mas não houve resposta. O caso segue em investigação.

Foto: Reprodução


Podcasts
06/10/2021
Mensagem Do Dia
06/10/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
04/10/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
01/10/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
01/10/2021
Mensagem Do Dia