close

Acusada de tramar morte de Núbia, Lauany deve ser transferida hoje

Redação Pop Mundi 31/10/2017 10:50

Acusada de participar da morte da comerciante Núbia Ribeiro, 21, no mês de setembro, Lauany Viodres Prado, 20, deve ser transferida ainda nesta terça-feira (31) para a Penitenciária de Mogi Guaçu (SP).

O namorado de Lauany, Leonardo Cantieri, deixou a cadeia feminina do Jardim Guanabara ontem (30) e já aguarda o julgamento na Penitenciária de Franca.

O casal suspeito de tramar a morte de Núbia Ribeiro, estava na cadeia do Guanabara desde o final do mês de setembro, quando se apresentou na sede da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), dias após o crime bárbaro.

Na ocasião, o delegado Marcio Murari solicitou a prisão temporária dos dois que permaneceram presos até o final do inquérito no último dia 24. Com o prazo da temporária expirando, o delegado agilizou o fim do processo com as provas necessárias e pediu a prisão preventiva, que é quando um acusado de um crime permanece preso até o julgamento.

A decisão foi deferida pelo juiz de direito e os dois ficarão presos até o julgamento que, ainda não tem data prevista para acontecer. Ambos devem ir à júri popular. O terceiro suspeito de participar do crime, Ítalo Vinicius Neves, permanece preso mas pelo crime de tráfico de drogas.

Ítalo nega participação no crime. As três vezes que esteve prestando depoimento na especializada, ele afirmou que apenas abandonou o carro da comerciante. Já o delegado não tem dúvidas de sua participação no crime, já que as imagens das câmeras de segurança de um posto de combustíveis, mostra Ítalo e Leonardo chegando no local logo após o assassinato.

Mesmo negando, ele foi apontado por Leonardo como o responsável por atear fogo em Núbia Ribeiro. Para a perícia, o golpe com um objeto, provavelmente a chave de rodas do carro, foi dado por um homem, resta saber se foi Leonardo ou Ítalo.

Lauany que se isenta da cena do crime, é apontada como a mentora do assassinato e a responsável pelas facadas no rosto da vítima, segundo o próprio namorado.

Ambos vão responder pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Somadas, as penas podem ultrapassar os 30 anos de prisão.

 


Podcasts
22/11/2017
Frentista assaltado oito vezes desiste da profissão
22/11/2017
Sargento Bueno fala da prisão de três traficantes
21/11/2017
Francana terá pratas da casa e novas promessas para Copa SP
21/11/2017
EXCLUSIVO: Ladrão confessa inúmeros furtos de veículos
21/11/2017
Feira da Fraternidade espera receber 80 mil visitantes
Radares em Franca

Av. Dr. Helio Palermo 60 km/h

Av. Brasil 60 km/h

Av. Alonso Y Alonso 60 km/h

Rod. Tancredo Neves 60 km/h

Av. Presidente Vargas 60 km/h

Av. Antonio B. Filho  60 km/h

Clima em Franca